França

Bourgogne

Os vinhos tintos da Borgonha são feitos exclusivamente com a uva Pinot Noir que tem seu nome oriundo do fato de seus cachos apresentarem a forma de um cone de pinho( pino do latim pinus) e noir por ser uva tinta. É considerada a uva mais difícil de cultivar e de difícil adaptação daí a dificuldade em se encontrar bons vinhos feitos com esta uva fora da Borgonha. Com ela são feitos alguns dos vinhos mais desejados e caros do mundo como o Romane'e Conti, La Tache, Clos de Vougeot e outros. De uma forma simples podemos classificar os vinhos da Borgonha como “Regionais” usada para vinhos simples provenientes de várias regiões, “Comunais” para aqueles provenientes de comunas (distritos), “Premier Cru” para os vinhos de excelente qualidade e “Grand Cru” para exclusivos 33 vinhos excepcionais. São os vinhos mais sensuais, elegantes e femininos do mundo. Possuem uma linda cor vermelho cereja e aromas de pétalas de rosa e violeta.

Região: Bourgogne

Tempo de guarda: 2 anos.

Teor alcoólico: 12,5% vol.

Temperatura: 8 a 10 gruas.

Branco França

R$210.00

Região: Bourgogne

Tempo de guarda: vinho jovem

Teor alcoólico: 13% vol.

Temperatura: 18 e 20 graus.

Tinto França

R$379.00

Região: Bourgogne

Tempo de guarda: pronto para beber

Teor alcoólico: 13,5% vol.

Temperatura: 18 e 20 graus.

Tinto França

R$349.00

Cotes-Du-Roussillon

É a região vinícola mais ensolarada da Franca. O clima mediterrâneo desta região é ideal para o cultivo das uvas, responsáveis por vinhos deliciosos, frutados e carnudos. Finalmente a memória gustativa me fez lembrar deste representante do sul da Franca, degustado numa feira em Bordeaux há cerca de 16 anos e com grande empenho consegui importá-lo. Este Cotes du Roussillon chamado pitorescamente Si Mon Pere Savait, Se Meu Pai Soubesse, vinho robusto e carnudo. Fiel representante desta bela e ensolarada região.

Região: Cotes-Du-Roussillon

Tempo de guarda: 4 a 6 anos.

Teor alcoólico: 14,5% vol.

Temperatura: 18 a 20 gruas

Tinto França

R$189.00

Região: Cotes-Du-Roussillon

Tempo de guarda: 4 a 6 anos.

Teor alcoólico: 14,5% vol.

Temperatura: 18 a 20 graus.

Tinto França

R$159.00

Pessac Leognan

Um Bordeaux e um Bourgogne, glórias da enologia francesa me encantaram. Ambos aristocráticos e sedosos. Da região de Pessac Leognan vem este caloroso Bordeaux e a elegância do Bourgogne o fizeram ser escolhido para as recepções na embaixada brasileira em Paris. Podemos fixar aproximadamente nos Reinos de Claude e Neron (entre 37 e 68 de nossa era) a data de nascimento dos primeiros vinhedos em Bordeaux, considerada a mais aristocrática e emblemática região vinícola do mundo. Os vinhos tintos da Borgonha são feitos exclusivamente com a uva Pinot Noir que tem seu nome oriundo do fato de seus cachos apresentarem a forma de um cone de pinho (pino do latim pinus) e noir por ser uva tinta. É considerada a uva mais difícil de cultivar e de difícil adaptação daí a dificuldade em se encontrar bons vinhos feitos com esta uva fora da Borgonha. Com ela são feitos alguns dos vinhos mais desejados e caros do mundo como o Romane'e Conti, La Tache, Clos de Vougeot e outros. De uma forma simples podemos classificar os vinhos da Borgonha como “Regionais” usada para vinhos simples provenientes de várias regiões, “Comunais” para aqueles provenientes de comunas (distritos), “Premier Cru” para os vinhos de excelente qualidade e “Grand Cru” para exclusivos 33 vinhos excepcionais. São os vinhos mais sensuais, elegantes e femininos do mundo. Possuem uma linda cor vermelho cereja e aromas de petalas de rosa e violeta.

Região: Pessac Leognan

Tempo de guarda: 10 anos.

Teor alcoólico: 13% vol.

Temperatura: 18 a 20 graus.

Tinto França

R$255.00

Vale do Rhone

A região vinícola do Rhone no sul da Franca é situada no vale do rio Rhone e é dividida em duas sub-regiões com distintas tradições vinícolas, o Rhone Norte também conhecido como Rhone setentrional e o Rhone Sul referido como Rhone meridional. A sub-região norte produz vinhos tintos utilizando a uva Syrah isoladamente e as vezes misturadas com uvas brancas como Marsanne, Roussane e Viognier. A sub-região sul produz uma gama de vinhos tintos, brancos e roses, utilizando uma mistura de várias uvas das quais a Grenache faz a diferença como nos melhores Chateauneuf du Pape. O purista produtor Raymond Usseglio no Vale do Rhone nos brinda com um ótimo Cotes du Rhone e dois magníficos Chateauneuf du Pape sendo o Cuvve Imperiale produzido com uvas de vinhedos com idade acima de 100 anos!!!!! Considerada pelos grandes críticos como um excelente produtor de Cotes du Rhone e Chateauneuf du Pape esta domaine foi fundada por Francis Usseglio vindo do Piemonte no norte da Itália em 1931. Em 1963 seu filho, Rymond Usseglio, assumiu a sucessão com a esposa Danielle nascendo assim a Domaine Raymond Usseglio. A partir de 1999 é Stephane, seu filho e a esposa Mylene quem explora estes vinhedos, alguns com mais de 100 anos.

Região: Vale do Rhone

Tempo de guarda: 4 a 6 anos.

Teor alcoólico: 14% vol.

Temperatura: 18 graus.

Tinto França

R$179.00

Região: Vale do Rhone

Tempo de guarda: Acima de 15 anos.

Teor alcoólico: 14% vol.

Temperatura: 18 a 20 graus.

Tinto França

R$585.00

Região: Vale do Rhone

Tempo de guarda: 10 a 12 anos.

Teor alcoólico: 15% vol.

Temperatura: 18 a 20 graus.

Tinto França

R$399.00